terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Barro Preto de Bisalhães

O Barro Preto de Bisalhães faz parte do Património Imaterial da UNESCO desde 29 de novembro de 2016. Esta forma de trabalhar o barro é artesanal e, há cada vez menos oleiros a dedicarem-se a esta arte. 
No Natal passado foi-me oferecida uma panela de barro negro por uma pessoa que estimo, Teresa Sá. Sabendo que eu sou natural de Vila Real, ofereceu-me este objeto dizendo: . "Quando fizeres uma receita, coloca no blog". Adorei o presente.
Ainda não fiz a receita, mas vou mostrar como "curar" o barro para depois poder cozinhar.


A panela de barro deve ser tratada (curada) antes de ser utilizada pela primeira vez. Assim, deve proceder da seguinte forma:
  • Unte muito bem, com o auxílio de um pano, todo o interior da panela e testo, com azeite; muito bem untado. Deixe o fundo coberto de azeite (cerca de 3 a 4 colheres).

  • Pelo lado de fora, passe igualmente azeite; mas não no fundo; pois tem de ir ao lume.
  • Leve a panela ao lume, em fogo baixo até o azeite quase desaparecer. 
  • Desligue o fogo e, deixe arrefecer.
  • Encha de água e, leve novamente ao lume onde deverá ferver por 15 minutos.
  • Desligue o fogo. Deixe arrefecer e, rejeite a água.
  • Lave a panela com uma esponja (nada de esfregão abrasivo) e seque muito bem.
  • Guarde até utilizar.